carregando site...
Whatsapp

Glossário

Muito jargão? Confuso?
Não se preocupe. Listamos alguns dos termos técnicos com suas definições abaixo.

ACTH
Hormônio adrenocorticotrópico. Hormônio produzido na glândula pituitária que estimula as glândulas adrenais a produzir hormônios, incluindo o cortisol.

Teste de Estimulação ACTH
Este é um teste que pode ser usado pelo médico veterinário para diagnosticar a doença de Cushing. O teste mostra se seu cão está produzindo cortisol em excesso, testando a resposta das glândulas supra-renais à estimulação pelo hormônio ACTH.
Como o ACTH estimula naturalmente a produção de cortisol, os níveis de cortisol após a injeção de estimulação irão aumentar além dos níveis "normais" em cães que não possuem doença de Cushing.
No entanto, quando um cão tem doença Cushing, as glândulas adrenais estão produzindo cortisol em excesso, então, quando estimuladas por ACTH, os níveis de cortisol devem aumentar significativamente.

Hiperadrenocorticismo adrenal-dependente (ADH)
Esta é uma forma da doença de Cushing resultante de um tumor nas glândulas supra-renais.

Glândulas adrenais
Duas pequenas glândulas localizadas próximas a cada um dos rins, que são responsáveis ​​pela produção de hormônios que ajudam a controlar o metabolismo, a pressão arterial e o equilíbrio de fluidos. O cortisol é um desses hormônios.

Cortisol
Hormônio produzido pela glândula adrenal, que ajuda a combater o estresse e atua como antiinflamatório.

Doença de Cushing/Sindrome de Cushing
Sindrome de Cushing é o nome dado ao grupo de sinais clínicos que se desenvolvem quando o corpo produz muito hormônio cortisol. A condição tem o nome de Harvey William Cushing (1869 - 1939), um neurocirurgião pioneiro que descreveu os primeiros pacientes humanos com a doença.
Em termos estritos, se a origem da doença de Cushing é a glândula pituitária, o nome correto é doença de Cushing. Esta é a forma mais comum que encontramos em cães. Se a origem da doença estiver em outra parte do corpo, o nome correto é síndrome de Cushing.
Essa condição também pode ser referida cientificamente como hiperadrenocorticismo ou hipercortisolismo.
Em todo o site, usamos o termo Cushing para descrever a condição.

Sistema Endócrino
Nome coletivo das glândulas do corpo que liberam hormônios diretamente na corrente sanguínea.

Glicocorticóides
Também conhecidos como esteróides, os glicocorticóides são um grupo de hormônios liberados pelas glândulas supra-renais que afetam o metabolismo do corpo. O cortisol é um glicocorticóide.

Hormônio
Os hormônios atuam como mensageiros químicos aos órgãos do corpo, regulando certos processos corporais.

Hiperadrenocorticismo (HAC)
Este é o nome científico de Cushing, é um termo que seu veterinário pode usar ao discutir a condição com colegas. Geralmente é abreviado para HAC.

Teste de supressão com dexametasona baixa dose
Este é um teste que pode ser usado pelo médico veterinário para diagnosticar a doença de Cushing. O teste determina como seu cão responde à injeção de dexametasona - uma droga sintética que atua de forma semelhante ao cortisol.
Em cães que não possuem a doença de Cushing, os níveis de cortisol após a injeção de dexametasona devem ser baixos quando comparados aos níveis "normais". Em cães com Cushing, os níveis de cortisol após a injeção de dexametasona permanecerão elevados.

Metabolismo
Os processos físicos e químicos pelos quais o corpo se constrói e se mantém e pelos quais ele decompõe alimentos e nutrientes para produzir energia.

Glândula Pituitária
Glândula situada na base do cérebro. A glândula pituitária libera ACTH, que por sua vez estimula a produção e liberação de cortisol pelas glândulas supra-renais.

Hiperadrenocorticismo pituitário-dependente (PDH)
Esta é uma forma de doença de Cushing resultante de um tumor na glândula pituitária.

Trilostano
O ingrediente ativo do Vetoryl que é conhecido por bloquear a produção de cortisol.

Vetoryl
Um medicamento que contém o ingrediente ativo trilostano desenvolvido pela Dechra Veterinary Products para tratar a doença de Cushing em cães.

Fale com a gente

Contato

Localização

Endereço:

Travessa Dalva de Oliveira, 237, Londrina-PR

Localização

Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC):

0800 400 7997

Localização

Telefone:

(43) 3339-1350

Atendimento de segunda à sexta, das 8h às 18h.